domingo, 13 de novembro de 2011

Igreja: Bispo pede perdão por padre condenado por crimes sexuais

compartilhar O bispo segue dizendo que, publicamente, reafirma sua confiança no clero da Diocese de Franca.

perdao bispo 300x226 Bispo pede perdão por padre condenado por crimes sexuaisO bispo de Franca (400 km de SP), dom Pedro Luiz Stringhini, divulgou nota na qual pede perdão, em nome da diocese, em razão do episódio envolvendo o padre José Afonso Dé, 76, que foi condenado a prisão por estupro e atentado violento ao pudor. O religioso aguarda julgamento de recurso em liberdade.
No texto enviado à Folha pelo bispo, Stringhini disse que a notícia da condenação do padre causou “profundo sofrimento, tristeza e perplexidade”. O bispo afirma que a Diocese de Franca “acolhe com respeito a decisão da Justiça”.
O padre Dé foi condenado pela 2ª Vara Criminal de Franca a 60 anos e oito meses de prisão por estupro e atentado violento ao pudor após ser denunciado pelo Ministério Público pela suposta prática de crimes sexuais contra oito coroinhas que o ajudavam na paróquia São Vicente de Paulo.
Na nota, o bispo diz que segue o exemplo do papa Bento 16 ao pedir perdão pelo caso –em junho do ano passado, em missa na praça São Pedro, no Vaticano, o papa implorou perdão pelos escândalos de pedofilia da Igreja Católica.
O CASO
Em abril do ano passado, o padre Dé foi denunciado pelo Ministério Público à Justiça por suposta prática de crimes sexuais contra oito coroinhas que o ajudavam.
O caso também chegou a ser investigado por integrantes da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pedofilia, no Senado.
A defesa do padre alega, desde o início das investigações, que Dé é inocente. Após a condenação em primeira instância, o padre aguarda julgamento de recurso em liberdade.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...