terça-feira, 22 de março de 2011

PF apreende cocaína que chegava ao RN via postal

compartilhar

Um vigilante,32, um auxiliar de pedreiro,
24 e uma dona de casa,23, foram presos em flagrante no início da tarde desta segunda-feira, 21 de março, no Vale Dourado, Zona Norte de Natal, quando recebiam pouco mais de meio quilo de cocaína pura que  havia sido remetida de Rio Branco/Acre, via postal.

A prisão do trio aconteceu após os policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) realizarem no último sábado uma fiscalização de rotina no setor de encomendas dos Correios visando identificar a possível remessa de substâncias entorpecentes para esta capital.
Identificado um pacote suspeito, os policiais permaneceram na agência a espera de que ele fosse retirado para então ser procedida uma vistoria. Horas depois, um casal se apresentou naquela agência mas não pode receber a encomenda tendo em vista que a mulher apresentou apenas uma xerox de identidade dizendo que o destinatário se tratava do seu marido que estava ausente.

Na manhã de hoje, acompanhada da pessoa que dizia ser seu esposo, ela retornou ao setor de encomendas para retirar o pacote e no momento em que deixava a agência foi abordada pelos policiais federais, ocasião em que tentou correr mas foi dominada.

Ao ser revistada, na sua bolsa estava a encomenda recebida minutos antes, a qual ao ser aberta continha uma lata de leite e no interior desta, um pó branco com característica de cocaína, o que foi posteriormente confirmado pela perícia.

Também naquele instante, foi verificado que a identidade usada pelo homem que a acompanhava para retirar a encomenda era falsa. De imediato o casal recebeu voz de prisão, tendo a mulher informado que a droga pertenceria a um outro homem residente no Vale Dourado que a teria contratado por R$ 500,00 para que ela fosse buscar a encomenda. Ele iria depois até a sua casa pegar o pacote.

Tendo em vista tal informação, os policiais resolveram seguir com a mulher até o endereço mencionado, porém após uma longa espera o suposto dono da droga não apareceu e quando se dirigiam para a Superintendência da PF, encontraram a duas quadras dali, defronte a um comércio, a pessoa apontada por ela, ocasião em que foi constatado que ele pilotava a mesma moto que foi utilizada no sábado para tentar retirar a encomenda dos Correios. Neste instante, o homem foi abordado e confirmou ter sido contratado pela mulher, mas negou ser o dono da encomenda.

O trio foi então conduzido para autuação na sede da Polícia Federal e enquadrado nos artigos da Lei 11.343/06.

Dos três acusados, somente a mulher possui antecedentes criminais, uma vez que foi presa anteriormente quando tentava entrar num presídio da capital levando droga para um companheiro.

Somente este ano, a PF já prendeu 10 pessoas acusadas de traficar drogas no Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...