segunda-feira, 4 de julho de 2011

A atriz e agora Deputada, Myrian Rios faz discurso polêmico sobre homossexuais

compartilhar

A atriz, eleita como deputada estadual carioca pelo PDT, afirma que a PEC impedirá seu direito de ser hétero

Myrian Rios faz discurso polêmico sobre homossexuais - Reprodução/Site Oficial 
Myrian Rios, atriz que foi eleita deputada estadual pelo PDT, tem causado polêmica desde a última sexta-feira (24) com seu discurso em uma reunião no plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Nas imagens, ela fala abertamente ser contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e acrescenta a orientação sexual às formas de discriminação puníveis no Estado.
 “Eu não sou preconceituosa (...), mas se todos somos iguais, eu tenho de ter o direito de não querer um funcionário homossexual dentro da minha empresa, se for da minha vontade.”
A deputada também relaciona a homossexualidade com pedofilia insinuando que uma babá gay poderia praticar pedofilia contra suas filhas.
“Digamos que eu tenha duas meninas em casa e contrate uma babá que mostra que sua orientação sexual é ser lésbica. É a opção dela. Ela escolheu, ela é livre. Se a minha orientação sexual for contrária e eu quiser demiti-la, eu não posso. Estarei enquadrada nesta PEC. O direito que a babá tem de querer ser lésbica, é o mesmo que eu tenho, como mãe, de não querer ela na minha casa. Só que com esta PEC, eu não terei este direito.Vou ter que manter a babá em casa e sabe Deus até se ela não vai cometer pedofilia contra elas. E eu não vou poder fazer nada. Eu não poderei demiti-la. Eu quero esta liberdade de escolha para a minha orientação sexual também”, afirma.
Ela ainda deu outro exemplo dizendo que se um rapaz quer ser homossexual ou travesti esta será uma opção dele. E acrescenta que todos deveriam orar por ele.
“Se eu contrato este rapaz para ser meu motorista, ele é homossexual, e começa a vir trabalhar travestido de mulher? E eu, como mãe de dois meninos, digo ‘opa! Não é esta a orientação sexual que eu quero para eles. Aqui em casa eu gostaria que meus filhos crescessem namorando uma menina para perpetuar a espécie’. E se eu descobrir meu motorista, que homossexual, estaria de alguma maneira tentando bolinar meu filho, podendo partir para uma pedofilia, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir, sim, para explicar que na minha casa a orientação sexual é outra", completou.
Myriam Rios, em sua posição cristã, diz que a PEC está tirando o direito dela de ser heterossexual.
“Eu sou missionária católica, mãe de dois meninos, deputada e representante do povo. Quero defender o povo inocente desta PEC. Se um rapaz homossexual, pedófilo, fizer alguma coisa contra um menino, ele estará amparado pela lei.”


 Direito de resposta 


Na tarde desta segunda (27), a atriz enviou uma nota oficial à imprensa dizendo que não é contra os homossexuais, mas sim contra a pedofilia e pediu desculpas se foi interpretada erroneamente como se comparasse os gays com pedófilos. Leia na íntegra:
"Iniciei meu discurso de 21 de junho na tribuna da Alerj relatando a minha condição de católica, missionária consagrada da comunidade Canção Nova e, como tal, eu prego o respeito, o amor ao próximo, o perdão. Destaco que Deus ama a todas as pessoas, pois Ele não faz diferenciação. Em um dos trechos, afirmo: não sou preconceituosa e não descrimino.

Repudio veementemente o pedófilo e jamais tive a intenção de igualar esse criminoso com o homossexualismo. Se entenderam desta maneira, peço desculpas. Conto na minha família com parentes e amigos homossexuais e os amo, respeito como seres humanos e filhos de Deus. Da mesma forma repudio a agressão aos homossexuais, pois nada justifica tamanha violência.

Votei contra a PEC-23 por minhas convicções e não contra este ou aquele segmento de determinada orientação sexual."
.

 
Repudio veementemente o pedófilo e jamais tive a intenção de igualar esse criminoso com o homossexualismo. Se entenderam desta maneira, peço desculpas. Conto na minha família com parentes eamigoshomossexuais e os amo, respeito como seres humanos e filhos de Deus. Da mesma forma repudio a agressão aos homossexuais, pois nada justifica tamanha violência.
 
Votei contra a PEC-23 por minhas convicções e não contra este ou aquele segmento de determinada orientação sexual.
Veja o vídeo na íntegra:

O Fuxico

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...