segunda-feira, 15 de julho de 2013

Igrejas e pregações "algodão-doce"

compartilhar

"Infelizmente, em um número alarmante de igrejas, hoje o povo de Deus está a ouvir o que deseja ouvir, e não o que precisa ouvir. Essas pessoas estão a receber leitinho na boca em vez de serem desafiadas a digerir alimento sólido. [...] Até hoje não encontrei nenhuma passagem bíblica em que Deus demonstrasse qualquer preocupação com o aumento da audiência como objetivo da igreja. Satisfazer a curiosidade, a coceira nos ouvidos da nossa audiência pós-moderna é um exercício de futilidade. É como ingerir algodão-doce: pode ser muito doce, mas não tem nenhum nutriente."

 

fonte: http://cantodojo.blogspot.com.br/

In: Charles Swindoll. A Igreja desviada. São Paulo: Mundo Cristão, 2012, pp. 107, 108 (Pt). 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...