quarta-feira, 11 de abril de 2012

Seca renderá ao RN um dos piores anos agrícolas

compartilhar
O Rio Grande do Norte deverá registrar um dos piores anos agrícolas da década, este ano, pressionado pela ausência de chuvas, que vem prejudicando a atividade rural em toda a região.

A projeção é do analista de Mercado de Produtos Agrícolas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no estado, Luís Gonzaga. De acordo com ele, só 12% da área disponibilizada para o plantio de grãos no RN foi cultivada até o momento. O índice costuma ultrapassar 90%, no período, quando o clima é favorável.


Diante do cenário, o analista estima que haverá queda na produção, em relação ao ano passado, mas não arrisca em quanto. As culturas de feijão e milho serão, segundo ele, as mais afetadas.

De forma global, a produção de grãos no estado, de acordo com levantamento realizado pela Conab em março, deve cair 3,5%. No caso do algodão em pluma, a queda chega a 37,5%, a maior da região.

Carlos Bestetti, gerente de avaliação e acompanhamento de safras da Companhia, lembra que os dados não estão atualizados, mas confirma que a tendência é de queda no RN.

O recuo na produção torna o Rio Grande do Norte, grande importador de grãos, ainda mais dependente da safra dos outros estados e ainda mais vulnerável a oscilações de preço.
Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...