sexta-feira, 20 de abril de 2012

BB volta a reduzir suas taxas

compartilhar Banco anunciou novas reduções nas taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas. Os ajustes refletem a alteração da Selic, anunciada ontem pelo Copom.

O Banco do Brasil anunciou nesta quinta-feira,19, novas reduções nas taxas de juros para pessoas físicas e jurídicas. Os ajustes refletem a alteração da Selic, anunciada ontem pelo Comitê de Política Monetária (Copom), além de novas reduções que buscam manter as taxas do Banco do Brasil entre as menores do sistema financeiro.

As novas taxas do BB entram em vigor a partir de segunda-feira, 23, e incluem reduções em linhas de crédito alteradas na última semana.

O Banco do Brasil largou na frente no movimento de redução de juros com o lançamento do BOMPRATODOS, no último dia 12. Além disso, desde julho de 2011, quando começou a trajetória de queda da Selic, as taxas no BB vêm caindo sistematicamente.

Crescimento no crédito

O volume de operações de crédito do BB para pessoas físicas aumentou 45% desde o anúncio da redução das taxas de juros e lançamento dos pacotes BOMPRATODOS, no último dia 12. A média diária de desembolso passou para R$ 276 milhões e totaliza mais de R$ 1,3 bilhão em crédito liberado nos últimos cinco dias.

Além disso, mais de 60 mil clientes já aderiram aos pacotes de serviços BOMPRATODOS, que oferecem taxa de 3% no rotativo do cartão de crédito e outras vantagens no cheque especial, como 10 dias sem juros e parcelamento do saldo devedor, também com taxa de 3%.

As operações com micro e pequenas empresas, desde o lançamento do BOMPRATODOS, somam R$ 2,23 bilhões, considerando as linhas de crédito que fazem parte da estratégia. Somente as operações com recebíveis (vendas com duplicatas e cartões de crédito) totalizam R$ 1,35 bilhão, incremento de 31,7% do volume liberado em relação ao mesmo período de março de 2012.

Veja abaixo algumas taxas reduzidas pelo BB:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...