sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

SUSPENSOS RECURSOS DA SAÚDE PARA 33 MUNICÍPIOS DO RN

compartilhar

Portaria suspende transferência de recursos para 33 municípios do RN



O Ministério da Saúde publicou portaria suspendendo a transferência de recursos financeiros para 33 municípios do Rio Grande do Norte. A medida consta na edição desta quarta-feira, 18, do Diário Oficial da União (DOU). Ao todo, a pasta suspendeu o repasses para mais de 1000 municípios em todo o Brasil.

Os municípios potiguares nesta lista são:


Augusto Severo


Baía Formosa


Bento Fernandes


Caiçara do Norte


Carnaubais


Espírito Santo


Governador Dix-Sept Rosado


Ipueira


Itajá


João Dias


Jundiá


Lagoa de Velhos


Luís Gomes


Major Sales


Marcelino Vieira


Monte das Gameleiras


Rio do Fogo


Passa e Fica


Patu


Poço Branco


Porto do Mangue


Pureza


Riacho da Cruz


Riacho de Santana


Riachuelo


Santana do Matos


São Bento do Norte


São Bento do Trairí


São Miguel


São Tomé


Serra do Mel


Sítio Novo


Venha - Ver


Ainda de acordo com a Saúde, a irregularidade é quanto à informação da produção da vigilância sanitária dos meses de junho a outubro de 2016, apresentando 3 (três) meses consecutivos sem informação no SIA/SUS


Segundo o documento, a suspensão é devido a “Estados e Municípios quanto ao cadastro dos serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e quanto à informação da produção da vigilância sanitária no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS)”.


A portaria entra em vigor na data de sua publicação.




FONTE








Jesus voltará; a Segunda Vinda não é uma utopia

compartilhar


Todo expoente cristão tem liberdade para pensar e expressar seus pensamentos. Nenhum deles tem permissão de Deus para se contrapor à sua Palavra. Erros no campo da interpretação bíblica acontecem. Somente a Palavra de Deus é inerrante, infalível e permanece para sempre (1 Pe 1.24,25). Eu mesmo já errei algumas vezes, mas sempre na tentativa de interpretar a Bíblia corretamente, e não por oposição às Escrituras.

O maior erro que um teólogo pode cometer é o de valorizar mais os “preciosos” pensamentos e os teólogos do que a preciosíssima Palavra de Deus. E é o que têm feito alguns famosos expoentes brasileiros. Supervalorizam as palavras de um teólogo liberal alemão, por exemplo, a ponto de se contraporem às promessas do Senhor Jesus!

Há alguns anos, um famoso expoente brasileiro — não me pergunte o seu nome! —, “descobriu”, lendo um “precioso” teólogo alemão, que a Segunda Vinda de Cristo é uma utopia. Ora, isso é muito pior que má exegese! É falta de temor à Palavra de Deus e ao Deus da Palavra.

Quem considera utópica a gloriosa promessa da volta do Senhor, feita por Ele mesmo (Jo 14.1-3), opõe-se, não apenas à igreja, ao ministério, à teologia, mas principalmente às Escrituras (1 Ts 4.16,17). A volta de Cristo não faz parte de um “horizonte utópico”, como afirmou tal expoente, deslumbrado com a “preciosa” teologia liberal. A Segunda Vinda é a bem-aventurada esperança dos salvos em Cristo (Tt 2.11-13).

Portanto, se o próprio Senhor Jesus prometeu: “virei outra vez” (Jo 14.3) e “certamente, cedo venho” (Ap 22.20a), como considerar uma utopia essa gloriosa promessa? Maranata! “Ora, vem, Senhor Jesus” (Ap 22.20b).

fonte: Ciro Sanches Zibordi
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...